play_arrow

keyboard_arrow_right

Listeners:

Top listeners:

skip_previous skip_next
00:00 00:00
playlist_play chevron_left
  • cover play_arrow

    Rádio Kijila

  • cover play_arrow

    Rádio Calema

Destaque

Festas da Senhora do Monte encerram com espectáculo que reuniu mais de 60 mil

today31 de Agosto, 2023 5

Fundo
share close

ANGOP

Pelo menos 65 mil pessoas assistiram ao Festival Internacional da Música UNITEL, no Estádio de Nossa Senhora do Monte, no Lubango, que marcou o encerramento da 121ª edição das Festas da padroeira da cidade.

Com duração de quase nove horas, o espectáculo de sábado promovido pela LS Republicano e o Comité de Festas, com patrocínio de uma operadora de telecomunicações, ficou marcado pela actuação de Eduardo Paím, o quinto músico a subir ao palco e o mais esperado pela geração de adultos, enquanto para a nova vaga, Young Double, Landrick, Anderson Mário, Eva rap diva e Jhonny berry destacaram-se.

Ao palco subiram ainda Buttom Rose, Bambila, Christa, Yannick Afroman, Jhonny o Trouble, Dj lolo e fechou o espectáculo, por volta das duas da manhã, Gerilson Insrael.

Apesar de não se ter registados incidentes graves, o show ficou marcado por inúmeros desmaios, sobretudo de jovens mulheres, que a cada minuto eram resgatadas do meio da multidão presente pela segurança contratada e depois assistidos pelo INEMA.

nte quase um mês de celebrações, mais de cem mil pessoas visitaram o complexo da Senhora do Monte, conforme o Comité de Festas, que destaca a realização da Expo-Huíla, Feira do Gado, gala de eleição da miss Huíla, o Huíla Fashion e os 200 KM da Huíla em automobilismo e motos,

As Festas de Nossa Senhora do Monte começaram a ser celebradas em 1901, uma réplica das de Madeira, Portugal, a terra dos colonos que se basearam na região.

A 15 de Agosto de 1902, ainda com a capela em construção, o pároco celebrou a missa campal na esplanada, diante de uma imagem de Nossa Senhora da Conceição, levada da paróquia.

Fontes históricas indicam que a construção da capela foi marcada por duas fases distintas ao longo do tempo, sendo a primeira, iniciada na edificação da capela primitiva, orientada pelo pedreiro Jacinto Rodrigues e o carpinteiro João da Silva, em 1902.

A primeira missa campal foi celebrada a 15 de Agosto de 1902, ainda com a capela em construção. A partir do ano seguinte (1903), a população do Lubango passou a dirigir-se à capela para celebrar a romaria que se tornou tradicional, mas as obras só terminaram em 1921.

Escrito por Edson Magalhães

Rate it

Post anterior

Cultura

Escritor lança obra “Roteiro de um adolescente de sucesso”

O escritor e académico Figueiredo Saiombe Martinho lançou na cidade do Cuito, província do Bié, a sua terceira obra literária, intitulada “Roteiro de um adolescente de sucesso”. O livro retrata a orientação real e prática de vida de um adolescente para alcançar o sucesso. A obra contém 128 páginas e foi editada pela Editorialista. Está a ser comercializad no preço de cinco mil kwanzas. Numa primeira fase estão disponíveis 160 […]

today31 de Agosto, 2023 7

Comentários da publicação (0)

Deixe uma resposta

O seu email não vai ser publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *


0%